"Aqui está quem é maior que o templo. Mas, se soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não holocaustos, não teríeis condenado inocentes. Porque o Filho do Homem é Senhor do sábado".
(Mateus 12:6-8)
 
Então disse Jesus a eles: Que vos parece? É lícito, no sábado, fazer bem ou mal? Salvar a vida ou deixa-la perecer?"
(Lucas 6:9)
 
Os cristãos elegeram o domingo como O DIA DO SENHOR e com ele substituíram o sábado judeu, que Jesus guardava. Nesse dia o judeu não trabalha e nada pede que Deus faça. Limita-se a meditar na Lei e render louvores ao Criador. De todo trabalho o judeu é dispensado no sábado, e a ninguém é permitido impor trabalho a outrem. A tradição converteu essa dispensa em proibição de trabalhar no sábado. Por isso Jesus esclareceu e corrigiu esse erro. Ensinou que o sábado foi dado ao homem para seu gozo e proveito, e que ele não deve ser escravo do sábado, mas servir-se dele.
 
"O homem retirou-se e disse aos judeus que fora Jesus quem o havia curado. E os judeus perseguiam Jesus porque fazia estas coisas no sábado. Mas Ele lhes disse: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também. Por isso os judeus ainda mais procuravam matá-lo..." 
(João 5:15-18)
 
Os judeus, portanto, trabalham e dão trabalho a DEus somente nos outros dias da semana. E os cristãos? Reservamos para nós, e consagramos a Deus, o dia de domingo. Nesse dia não nos é proibido nenhum trabalho e, diferentemente do judeu, é nesse dia que mais rogamos a Deus por bênçãos para a nossa vida. Enquanto buscamos a graça, honramos a Deus com ofertas, o louvamos com cânticos e danças, glorificando-o com testemunhos e adorando-o com as mais belas orações. 
 
"Cantai ao Senhor um cântico novo, porque Ele tem feito maravilhas; a sua destra e o seu braço santo lhe alcançaram a vitória. Celebrai com júbilo ao Senhor, todos os confins da terra; aclamai, regozijai-vos e cantai louvores. Cantai com harpas louvores ao Senhor, com harpa e voz de canto; com trombetas e ao som de buzinas".
(Salmos 98:1,4-6)

 

 

 
Eu exulto de alegria e grito "glórias a Deus" e "aleluia" porque o crente aprendeu com Jesus que o domingo foi feito para Deus, mas que Deus não foi feito para o domingo. Assim como Jesus disse que o Pai trabalha sempre e Ele o imita, o crente também tem no coração a promessa de Cristo anotada em Mateus 28:20 - "E eis que estou convosco TODOS OS DIAS, até a consumação dos séculos". Como Ele está sempre conosco e trabalha sem parar, nós o imitamos e glorificamos a Deus em todos os dias da semana. Assim é que damos bom uso à unção e ao avivamento recebidos no domingo, perante o Senhor, glorificando-o com nossa vida operosa e produtiva. Cada dia é um "domingo", cada ato é uma "oração" e cada coisa que o crente produz é honra, glória, louvor e adoração ao Pai, pois, é sempre dEle que vem a inspiração e o poder que faz da vida do crente um cântico permanente ao Senhor.
 
"Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual também fostes chamados em UM SÓ CORPO; e sede agradecidos. Habite ricamente em vós a Palavra de Cristo; instrui-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus em salmos, hinos e cânticos espirituais, com gratidão em vosso coração. E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por Ele graças a Deus Pai".
(Colossenses 3:15-17)

 

 
 
 
Enfim, como é lícito ser cristão todos os dias da nossa vida, e como a IGREJA é uma UNIDADE, pois, é o CORPO DE CRISTO, estejamos atentos para agir em UNIÃO e HARMONIA, observando as recomendações que Paulo nos deixou:
 
"Agora vos rogamos, irmãos, que acateis com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam; e que os tenhais com amor em máxima consideração, por causa do trabalho que realizam. Vivei em paz uns com os outros. (...) Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. Não apagueis o Espírito. Não desprezeis as profecias; abstende-vos de toda forma de mal. O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
Irmãos, orai por nós". 
(I Tessalonicenses 5:12-25)

 

 

 

 

 

 

     Pastor Luciano mqz - "O Bom Pastor"

      ICEU – Igreja Cristã Espiritualista Ubaldiana

      MISOM – Ministério Sacerdotal da Ordem de Melquizedeque (mqz).

      (Hebreus 5:5-6,10 e 7:11-19)

Ouça nossa Rádio

Rádio Iceunet.Org

Adicione ao Messenger:
 radioiceunetorg@msn.com
radio@iceunet.org

Clique AQUI e recomende essa página a um amigo.